Geral | 06/11/2023

Índice de Cidades Excelentes tem atualização e Louveira segue com indicadores de destaque nas regiões de Campinas e Jundiaí

O avanço em infraestrutura e gestão pública nos últimos 2 anos e meio resulta no apontamento de Louveira como uma das melhores cidades das regiões metropolitanas de Campinas e Jundiaí em Saúde e Bem-estar, Educação, Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, Sustentabilidade

 

Os investimentos da atual administração em infraestrutura e programas, assim como a eficiência dos serviços públicos e ações colocaram Louveira como destaque no IGMA- Índice de Gestão Municipal (IGMA), realizado pelo Instituto Aquila e com apoio do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, e que aponta Louveira como uma das mais estruturadas entre as 27 cidades que compõem as regiões metropolitanas de Campinas e Jundiaí em diversas áreas. Na maioria das categorias, Louveira está à frente dos municípios da região. O Grupo Bandeirantes, neste mês de novembro, irá premiar as Cidades Excelentes em diversas categorias a partir da análise destes itens.

 

O destaque de Louveira nos índices está alinhado aos avanços em infraestrutura e investimentos de R$ 1 bilhão aplicados nos últimos 2 anos e meio pela Prefeitura em obras, programas e ações. Com responsabilidade financeira a planejamento, a aplicação do orçamento público e Louveira tem sido para o constante aprimoramento dos serviços e estrutura da cidade. São mais de 190 ações implementadas pela atual administração nos últimos 2 anos e meio, incluindo o término de obras iniciadas antes de 2021. (SAIBA MAIS)

 

O IGMA apresenta dados públicos das 5.568 cidades brasileiras, contemplando 67 indicadores distribuídos em 6 pilares: Governança e Bem-estar; Infraestrutura e mobilidade Urbana; Sustentabilidade; e Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública. Em Saúde e Bem-Estar, Louveira se destaca em 1ª lugar no ranking do IGMA, comparada com os municípios da Região Metropolitana de Jundiaí (RMJ) e em 5ª comparada com as cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC). (SAIBA MAIS)

 

Prioridade da gestão, a Saúde em Louveira avançou significativamente neste ano de 2023, com ampliação na oferta de consultas, exames e cirurgias, aumento para 33 especialidades médicas;  importantes inaugurações como o Centro de Referência do Autismo, a Central de Suprimentos para eficiência na armazenagem e distribuição de medicamentos e insumos; implementação do Programa Rede Hospitalar Louveira com a construção, em breve, do hospital no bairro Santo Antônio; apoio às gestantes e puérperas por meio do Programa Mãe Louveirense; reabilitação social para pacientes de saúde mental com a Casa das Oficinas Acalanto; auxílio às mães com dificuldades na amamentação por meio do Ambulatório Mamãe Aconchego; além de outras ações, como a Caderneta da Criança e diversas campanhas de vacinação e ações de prevenção. Na categoria Desenvolvimento Humano, Louveira está na 1º posição entre as 7 cidades da Região Metropolitana de Jundiaí e na 2ª posição comparada aos 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas. (SAIBA MAIS)

 

Louveira também está 1º lugar e 2º lugar na categoria de Desenvolvimento Econômico e Ordem Pública, quando comparada respectivamente com a Região Metropolitana de Jundiaí e com a região Metropolitana de Campinas. Neste quesito, Louveira se destaca nos indicadores avaliados:  PIB per capita, índice de Gini da renda domiciliar, jovens entre 18 e 20 anos que completaram o ensino médio, pessoas com 25 anos ou mais que completaram ensino superior, percentual de pobres na população, salário médio mensal, população ocupada, taxa de homicídios, taxa de mortes por arma de fogo e taxa de mortes no trânsito. (SAIBA MAIS)

 

A Educação também é destaque pelo IGMA. Louveira está acima da média regional, estadual e nacional quanto à aplicação do orçamento por alunos, relacionada à média do resultado do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). De acordo com o IGMA, o município apresenta média de investimento de R$ 2.454,79 por aluno, por ponto do IDEB. A média do Brasil é R$ 1.589,04; da região Sudeste é de R$1.692,94; do Estado de São Paulo R$ 1.831,64 e da microrregião de Jundiaí R$ 1.979,47. (SAIBA MAIS) . A Prefeitura concretizou neste ano de 2023 investimentos recordes, tanto em aspectos pedagógicos como estruturais: aumento de 1 para 7 berçários, reformas em escolas, contratações e formações dos profissionais, reforço da educação inclusiva, equipes multidisciplinares e programas diversos. (SAIBA MAIS)

 

Na categoria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Louveira também é a melhor na Região Metropolitana de Jundiaí e a 2ª melhor somando os 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas. O índice é resultado dos constantes investimentos em infraestrutura, que incluem rede de abastecimento de água, ampliação na rede de esgoto, assim como em mobilidade, entre outras ações. (SAIBA MAIS). Em Sustentabilidade, o IGMA (Índice de Gestão Municipal Aquila) aponta Louveira como a 2ª melhor da Região Metropolitana de Jundiaí e a 6º somando com as cidades da Região Metropolitana de Campinas, como resultado das ações sustentáveis e de preservação ambiental, com programas e ações tanto de infraestrutura em saneamento, de arborização, de projetos de educação ambiental e segurança hídrica, entre outros. (SAIBA MAIS). https://www.louveira.sp.gov.br/conteudo/louveira-e-a-2-melhor-cidade-em-sustentabilidade-na-regiao-metropolitana-de-jundiai-no-igma

 

Quanto ao indicador de Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, o IGMA aponta Louveira como 3º melhor da Região Metropolitana de Jundiaí e a 5º quando somadas as 27 cidades que englobam as regiões metropolitanas de Campinas e Jundiaí. (SAIBA MAIS) . Para dar transparência às ações de governo, a Prefeitura mantém uma rede ampla de divulgação por meio de diversos canais, como o site oficial e redes sociais, de comunicação com a população como a ouvidoria e o recém lançado aplicativo Relou e o chatbot, no site da Prefeitura, por meio do qual o cidadão pode obter informações automáticas das mais variadas áreas, entre outras novidades.