Desenvolvimento Urbano | 01/11/2023

Com cerca de 30 obras em 2023, Louveira avança em infraestrutura e atendimento à população

​Os investimentos têm sido aplicados em ações, obras, projetos e novos programas, e têm como objetivo melhorar o atendimento público à população

Com amplo investimento em infraestrutura urbana, a Prefeitura de Louveira somou neste ano de 2023 cerca de 30 obras por toda cidade e em todas as áreas. São obras cujo objetivo é melhorar a estrutura e aprimorar o atendimento à população. Nos últimos 2 anos e meio, Louveira somou cerca de 190 ações neste sentido, incluindo obras, novos programas e projetos, especialmente em Saúde, Educação, Habitação, Saneamento, Infraestrutura, Esporte e Lazer. Este é um dos mais abrangentes Pacotes de Obras já realizados em toda a história da cidade. 

Os benefícios à população refletem na eficácia do atendimento público à população e têm resultados também na presença de Louveira em rankings que destacam as melhores cidades. A qualidade da infraestrutura urbana foi apontada recentemente, por exemplo, pelo Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA). De acordo com os indicadores, Louveira apresenta 76,81% da cidade estruturada, percentagem acima da média do Brasil (51,19%), região Sudeste (61,05%), Estado (66,25%) e Região de Jundiaí (73,02%). (SAIBA MAIS)

Uma das prioridades da gestão, a Saúde teve neste ano importantes obras. O Centro de Referência do Autismo é uma delas. Inaugurado em março no pacote de ações de aniversário pelos 58 anos da cidade, o Centro atende hoje cerca de 300 pessoas, em sua maioria crianças, com protocolos otimizados para diagnóstico e atendimento. Outra obra em destaque é a construção do Hospital Santo Antônio, anunciado pela atual gestão por meio do Programa Rede Hospitalar Louveira, que passará a ser composta pela Santa Casa e o novo Hospital, integrando um sistema que oferece atendimento pelo SUS para casos de baixa e média complexidade na cidade, e que é complementar aos serviços de alta complexidade gerenciados pelo Estado em hospitais da região. O hospital será instalado onde funcionava o Pronto Atendimento e o Centro de Especialidades Médicas Odontológicas (CEMO). 

Também já está em funcionamento a Central de Suprimentos da Saúde, que deve otimizar o armazenamento e distribuição dos medicamentos, insumos e materiais permanentes da Secretaria de Saúde. Em Habitação, a Prefeitura segue com a construção Residencial Tabarana, o maior empreendimento de moradias sociais da história de Louveira. São 400 apartamentos em 25 torres, desenvolvido por meio da Fundação Municipal de Habitação (Fumhab). Na Educação, a Prefeitura realiza obras, reformas e ampliações em 5 unidades escolares: Ceil Bairro, com restauração do muro do ginásio onde ficam as piscinas cobertas e a adequação do vestiário, no CECI Mundo Maravilho, Cecoin Chapeuzinho Vermelho, EMEF Odilon Leite Ferraz e EMEF José Pereira Dutra, além de 7 escolas beneficiadas durante o ano com manutenções e pintura completa. 

No Esporte, a Prefeitura constrói um novo espaço, que será um Centro de Ginástica Artística e de Treinamento para Artes Marciais; no Burck, a reestruturação do espaço onde até então tinha apenas uma quadra e hoje tem salas multiuso e um espaço para atividades e convivência. Para o lazer, a Prefeitura segue com as obras do Parque Capivari, com a estruturação do local, a revitalização do Parque do Centro Equestre, onde haverá um espaço para competições e eventos, além da o Parque Luigi Martini, inaugurado em março e que consolidou-se como um importante espaço para atividades física na cidade. Para a Cultura, a Prefeitura revitalizou a Subestação Engenheiro Francisco De Monlevade, e s atualmente segue com a refirma de um prédio anexo à Substação. 

Em Infraestrutura, são muitas obras: desde pavimentações em estradas rurais, recapeamento em diversas vias, entre tantas outras. A Prefeitura concluiu recentemente a canalização de trechos do Córrego Sapezal, com construção do muro de contenção com sistema de gabião em dois pontos – o primeiro na rotatória da Atílio Biscuola, para acesso à Rodovia Anhanguera, e também na Av. Alexandre Biazi. Também estão concluídas a revitalização e urbanização de espaço públicos (rotatória na Av. Silvério Finamore, reforma da Praça do Cristo e Quadra do Parque dos Sabiás); a iluminação pública no núcleo 1 e núcleo 2 do Pau-a-Pique, onde instalados braços de iluminação e lâmpadas de LED; a iluminação da Estrada Pau-a-Pique; a pavimentação de ruas o Arataba, manutenções importantes na Estrada Ecológica; novo prédio da Junta Militar anexo ao Poupatempo; nova unidade do Posto de Atendimento do Santo Antônio.

A construção da Usina de Suco também foi iniciada neste ano como uma importante obra que vai beneficiar os produtores de uva da cidade e que também será um ponto turístico. Em Saneamento também seguem a construção de biodigestores para levar o esgotamento sanitário à propriedades que atualmente não são saneadas e obras para aprimorar o sistema de abastecimento de água, com a setorização do Sistema de Abastecimento de Água do Reservatório Bandeirantes, Sagrado Coração e Vera Cruz. A Prefeitura realizou ainda obras para instalação do Ateliê da Cultura, reestruturação de pontes de madeira, como no bairro Leitão e Arataba, e uma importante drenagem no Parque das Videiras.