Governo | 29/09/2023

Infraestrutura de Louveira tem investimentos acima da média nacional, estadual e regional

De acordo com o ranking do IGMA (Índice de Gestão Municipal Aquila), a cidade está acima da média do Brasil, Estado e Região de Jundiaí; com cronograma intenso de ações, a Prefeitura promove um dos mais abrangentes Pacotes de Obras já realizados em toda a história de Louveira; só em 2023,  foram cerca de 30 obras realizadas, como foco em Saúde, Educação, Habitação, Saneamento, Esporte, Lazer e Infraestrutura

O amplo investimento em infraestrutura urbana que tem sido implantado pela Prefeitura em Louveira foi reconhecido pelo IGMA (Índice de Gestão Municipal Aquila) que coloca o município em destaque no ranking das melhores cidades. De acordo com os indicadores, Louveira apresenta 76,81% da cidade estruturada, percentagem acima da média do Brasil (51,19%), região Sudeste (61,05%), Estado (66,25%) e Região de Jundiaí (73,02%). Louveira teve nos últimos 3 anos um dos mais abrangentes Pacotes de Obras já realizados em toda a história da cidade. A Prefeitura soma mais de 190 obras, programas e ações desde o início da atual gestão, entre entregues e em execução. Somente neste ano de 2023 são cerca de 30 obras estruturantes por toda a cidade e em atendimento a todas as áreas. 

Para estabelecer o ranking de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, o índice levou em conta as condições habitacionais, infraestrutura urbana, acesso à rede de esgoto, abastecimento de água, tratamento de esgoto, coleta de lixo domiciliar, deslocamento casa-trabalho em menos de 1horas e acesso à banda larga fixa por 100 habitantes.

Para o Prefeito, Estanislau Steck, a boa posição de Louveira no ranking se dá pelos investimentos, principalmente nas áreas de Saúde, Educação, Esporte, Lazer e Infraestrutura. “Temos investido na melhoria da infraestrutura da cidade visando o melhor serviço público e qualidade de vida para a população. Já entregamos importantes obras, algumas seguem em execução, mas temos ainda muitos projetos futuros para realizar pensando no desenvolvimento da cidade”, disse o Prefeito, Estanislau Steck. 

Na Saúde, foram entregues o Centro de Referência do Autismo, inaugurado no 1º semestre e que atende atualmente cerca de 300 pessoas, em sua maioria crianças; o centro logístico de medicamentos, que tem por objetivo agilizar a distribuição dos insumos da Secretaria de Saúde; na Habitação, segue avançada a construção do Residencial Tabarana, que vai atender a 400 famílias; na área de Desenvolvimento Econômico, segue avançada a Usina de Suco, que será uma importante aliada para os produtores de uva da cidade, contribuindo também para o Turismo como ponto de visitação.

Em Infraestrutura urbana, segue para conclusão a canalização a canalização de um importante trecho do córrego Sapezal, na rotatória de acesso à rodovia Anhaguera pela Rua Atílio Biscuola. Também foram entregues neste ano pavimentações, tanto de aplicação de massa asfáltica em ruas do perímetro urbano, como instalação de bloquetes intertravados nas estradas rurais. Entre elas, a Estrada do Bugio, na ligação dos bairros Leitão e Abadia, a estrada Tereza Bizetto Cestarolli, que dá acesso a diversas propriedades valorizadas dentro da rota do turismo rural. 

A primeira estrada rural a ser entregue em 2023 foi a João Gothardi, ainda em janeiro. O projeto incluiu sistema de drenagem para escoamento adequado de águas pluviais, compactação do solo e instalação de bloquetes. A obra é importante para os moradores do bairro Engenho Seco e região da Abadia. No bairro Estiva, os moradores da Travessa Luiza Savoy Dutra ganharam asfalto e toda estrutura da rede de esgoto. Mas também foram feitas pavimentações no Faixa Azul e no Arataba. Na área urbana, a Prefeitura estruturou uma nova rua no centro da cidade, a Rua Adorno Zonaro, em frente à Estação Ferroviária. 

Educação
Intervenções na estrutura física das escolas também compõem o maior investimento dos últimos 10 anos feito pela Prefeitura em Educação. Quatro escolas passam por reformas e outras 7 foram revitalizadas, com manutenções e pinturas. As obras seguem para fase final nas unidades CECI Chapeuzinho Vermelho, EMEF Odilon Leite Ferraz, CECI Mundo Maravilhoso, em frente à Praça da Bica, no Santo Antônio, e na EMEF José Pereira Dutra, no bairro Estiva, que são as duas maiores obras. As escolas que passaram por manutenção neste ano foram CECI (Centro de Convivência Infantil) Pequenos Brilhantes, CECI Paraíso do Saber, CECI Herdeiros do Futuro e na EMEF Ângelo Argenton Filho, Emef José Odair Montelatto, EMEI Prefeito Nicolau Finamore e CEIL Centro. 

Saneamento 
Uma das bases para a qualidade de vida da população, Louveira tem avançado com obras de setorização da rede de água, ampliação da rede coletora de esgoto e em obras de drenagem. A Prefeitura fez neste ano investimentos significativos em tecnologia, por meio da Secretaria de Água e Esgoto, para aprimorar os serviços, como a moderna Estação Meteorológica, que permite à Prefeitura ter acesso a dados precisos do clima, e também a aquisição do robô motorizado que, dentro das tubulações, identifica imperfeições como trincas, vazamentos, obstruções e até mesmo descartes clandestinos. 

Esporte e Lazer
Para estruturar os locais de lazer da população, a Prefeitura inaugurou em março o Parque Parque Luigi Martini. O local, que fica em torno da Represa do Córrego Fetá, ao lado do Paço Municipal, conta com pista de caminhada de cerca de 1.800 metros, bebedouros, banheiros, iluminação, bancos e lixeiras. E como mais uma importante obra de reestruturação dos espaços públicos de Louveira, seguem a estruturação do Parque Municipal do Capivari, que em breve será um novo local para prática de atividades físicas. 

No Esporte, está em instalação o novo Centro de Ginástica Artística e Artes Marciais. O local será um dos importantes pontos de atividades esportivas da cidade, preparado para receber não apenas o treinamento, mas também competições de capoeira, judô, karatê, jiu jitsu e taekwondo. São 1.550m², em frente ao Parque Municipal do Capivari. E no Burck, segue para conclusão a reestruturação do espaço lateral da quadra poliesportiva, que foi transformado em um centro de atividades para os moradores do bairro e de toda a região do Santo Antônio. Foram construídos uma sala multiuso, salas para armazenamento de materiais, salas para os professores, sanitários, espaço para bebedouro e toda estrutura que transformou o espaço físico ao lado da quadra. O centro esportivo agora conta com mais segurança. Para isso, a Prefeitura construiu uma guarita para controle de acesso e instalou gradil por toda a extensão do local. Na área externa, foi um construído um bolsão de estacionamento. A obra está em fase final.