Segurança | 01/06/2022

SEGURANÇA - Guarda conduz 4 adolescentes à delegacia após briga em escola estadual e ameaça com faca

Polícia Civil registrou Boletim de Ocorrência para apurar ato infracional análogo a lesão corporal de alunos da EE Odilon Leite Ferraz

A Guarda Municipal de Louveira conduziu até a Delegacia de Polícia Civil do município, na última terça-feira (31), quatro adolescentes com idades entre 14 e 15 anos que se envolveram em uma sequência de brigas iniciada na Escola Estadual Odilon Leite Ferraz, na região do Santo Antônio, onde todos estudam.

Os quatro jovens estiveram na unidade policial com seus pais e responsáveis, como previsto em lei. Lá, foi registrado um Boletim de Ocorrência para apuração de ato infracional análogo a lesão corporal. Por serem menores de 18 anos, todos estão sujeitos ao cumprimento de medidas sócio-educativas ao final das apurações.

De acordo com informações prestadas ao delegado Roberto Souza Camargo Júnior, titular da Polícia Civil em Louveira, e ao secretário de Segurança do município, Osvaldo Roberto Candido, a briga teria começado na última segunda-feira (30), dentro da escola do Estado, depois de um desentendimento provocado por um comentário que teria sido feito para a namorada de um dos jovens.

Na terça-feira, segundo os registros, nenhum dos quatro adolescentes foi à escola. Eles se encontraram, durante o horário em que deveriam estar em aula, e teriam voltado a brigar. Desta vez, um deles portava uma faca e teria feito ameaças aos demais.

“Os menores foram conduzidos à delegacia, junto com os seus pais e responsáveis. Foi lavrado um Boletim de Ocorrência, que será encaminhado à Vara da Infância e da Juventude. Todos serão responsabilizados por ato infracional análogo a lesão corporal e estão sujeitos ao cumprimento de medidas sócio educativas, conforme prevê a legislação”, afirmou o delegado.

Ações

Segundo o secretário de Segurança, Osvaldo Roberto Candido, a segurança nas escolas é um assunto que vem sendo discutido pelos técnicos da Pasta, mesmo em unidades sob responsabilidade do Governo do Estado.

Além das frequentes rondas que são realizadas por agentes da Guarda em todas as escolas do município, estaduais ou municipais, e do monitoramento por câmeras nas unidades (veja fotos abaixo), na última segunda-feira, às 14h30, a Secretaria de Segurança promoveu uma reunião com os diretores das escolas estaduais de Louveira, na sede da GCM, para discutir a questão da violência dentro e fora das salas de aula. 

Participaram as diretoras Patrícia Teixeira Barbosa, da Odilon Leite Ferraz, e Lindsay Dadario Bertani, da Professor Joaquim Antônio Ladeira.

“A gente vem acompanhando de perto essa questão da violência nas escolas, inclusive nas estaduais. Temos feito uma série de ações para colaborar com esse debate, além de termos em andamento o Projeto GM nas Escolas, que realiza palestras sobre combate ao bullying, a violência e o abuso sexual nas unidades educacionais, disse o secretário.

As últimas palestras do projeto foram realizadas no dia 24 de maio nas escolas estaduais Professor Antônio Joaquim Ladeira, Professor Alberto Ferreira Rezende e Pedro Yoshichika Irie.

Além das palestras, os estudantes conheceram a cadela Raica, uma pastor-belga-malinois que está sendo treinada para auxiliar nas operações contra o tráfico de drogas na cidade. O objetivo do projeto é conscientizar sobre temas como violência, cidadania, assédio sexual, drogas e álcool, entre outros, e promover debates com os estudantes.