Desenvolvimento Econômico | 20/05/2016

Processo de desburocratização agiliza abertura de empresas no município

A cidade também foi reconhecida pelo SEBRAE por auxiliar pequenos empreendedores no processo de abertura de empresas; com a desburocratização empreendeu maior agilidade e qualidade no atendimento aos empreendedores locais, diminuindo a burocracia e o tempo gasto para se abrir um negócio no município.

A premiação também nesta categoria é resultado de um trabalho realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, criada por esta administração e que gerencia três divisões: Indústria, Comércio e Serviços e Agricultura e Turismo. A Secretaria concebeu a Sala do Empreendedor e Sala do Empresário.

Criada em 2014, a Sala é considerada referência no Rio Grande do Sul no que se refere ao atendimento facilitado aos empresários e também aqueles que pretendem abrir a própria empresa.

Agilidade

Desde que foi criada, a Sala do Empreendedor no município de Louveira cumpre sua finalidade em dar agilidade à tramitação de documentos para a formalização de novos investimentos ou a regularização dos já existentes na cidade. A média de tempo para abertura de empresas em Louveira até o ano de 2013 era de quatro a cinco meses, chegando a casos de mais de 12 meses para o empreendedor finalizar o processo e abrir sua empresa. Em Dezembro de 2013, a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa foi criada e aprovada, o que serviu de base para realizar decretos para melhoria dos processos administrativos referentes à desburocratização das empresas.
Com todos os processos em um só lugar, os funcionários foram treinados e capacitados para atendimento exclusivo às pessoas jurídicas e todo o processo foi desburocratizado e agilizado.

‘Alvará já!’

Outra facilidade é o ‘Alvará já’, que é definitivo também para empresas que prestam determinados tipos de serviços e recebem o alvará em até duas horas. Tais empresas representam 70% da demanda de abertura de empresas no município, outros tipos de empresas podem demorar de três a sete dias se depender apenas de trâmites da Prefeitura.

A SEDEC também criou leis de incentivos de IPTU para grandes empresas, facilitando a vinda e permanência de empresas no município.

Desenvolvimento

Ações diferentes também marcaram a atuação da Sala em apoio ao empreendedor. Cursos oferecidos já reuniram mais de 300 empreendedores da cidade que participaram das palestras gratuitas de formação promovidas pela Sala do Empreendedor em parceria com o Sebrae.