Governo | 27/04/2021

PREFEITURA - Revista eletrônica apresenta prestação de contas dos primeiros 100 dias de governo

Ações de combate à pandemia, educação online e digital, obras importantes e atenção com as pessoas marcaram o início da atual administração

 

Os 100 primeiros dias do Governo Estanislau Steck – completados em abril - trouxeram muitas mudanças para Louveira. Foram mais de três meses de muito trabalho e ações realizadas com transparência e responsabilidade, baseadas em uma meta principal: o cuidado com o cidadão. Para marcar a data, a Prefeitura lança nesta terça-feira (27) uma revista eletrônica com uma prestação de contas para a população apresentando as ações adotadas no município entre a posse, o começo de janeiro, e o mês de abril.

Em pouco mais de três meses, grandes conquistas foram contabilizadas, como o início das aulas online em tempo real para cerca de seis mil crianças do Ensino Infantil e Fundamental da Rede Municipal. Em funcionamento desde o início de março, a plataforma “Louveira Educa” tem garantido eficiência e mais qualidade ao processo de ensino à distância e possibilitado e interatividade entre alunos e professores. 

Na Saúde, a guerra sem trégua contra o coronavírus ganhou importantes reforços com a contratação de novos profissionais, inauguração do Hospital de Campanha, ampliação do número de leitos de UTI e enfermaria, aquisição de novos equipamentos como os catéteres de alto fluxo – que ajudam a diminuir o número de entubações na UTI – e a campanha de vacinação, que já imunizou mais de 4,2 mil pessoas entre idosos acima de 64 anos e profissionais de saúde e educação. 

A luta para minimizar os efeitos da crise gerada pela pandemia na economia local também tem sido travada com garra e responsabilidade. A criação do drive thru do comércio durante as fases Emergencial e Vermelha - as mais restritivas do Plano São Paulo – ajudaram os comerciantes a manterem um faturamento parcial, mesmo com as portas obrigatoriamente fechadas. O Auxílio Emergencial de R$ 3 mil – pagos em três parcelas de R$ 1 mil – tem garantido ajuda financeira para os estabelecimentos considerados não essenciais, os mais prejudicados pela pandemia. 

No Desenvolvimento Urbano, os primeiros meses do ano também foram de muito trabalho e importantes obras que se arrastavam há anos foram aceleradas. Entre elas, está o aguardado restauro da Subestação de Energia Francisco de Monlevade. Construída em 1921, a subestação gerava energia para as locomotivas elétricas no trecho de Campinas e Jundiaí e hoje também faz parte do restauro do patrimônio histórico da cidade. Além do prédio principal, também estão passando por obras de restauro as quatro residências localizadas no mesmo espaço. O jardim inglês também passou por manutenção e recebeu iluminação em toda a sua extensão. A previsão é de que as obras sejam concluídas em cerca de 60 dias. 

Na Atílio Biscuola, as obras de reestruturação da rotatória também seguem a todo vapor. No Centro, a obra do deck localizado na Rua Nicola Tarallo foi retomada pela atual Administração no dia 4 de janeiro, primeiro dia útil da nova gestão. O espaço – que deve ser entregue para a população em meados de julho - vai ganhar um calçadão para a circulação de pedestres, equipamentos de acessibilidade e vagas de estacionamento a 45º para melhorar a estrutura para o comércio local.

Na região da Estrada Pau a Pique, as obras de infraestrutura também avançaram. As ruas A, B e C do Núcleo 2 já foram asfaltadas e agora passam pelo processo de construção de calçadas. Antes da capa asfáltica, as vias também receberam redes de água e esgoto e implantação do sistema de drenagem de águas pluviais. Na última semana, a Prefeitura também iniciou a construção de um reservatório com capacidade de armazenamento de 230m3 de água tratada. O equipamento vai garantir mais segurança hídrica para os moradores do local.

Revista eletrônica

Quer saber mais sobre as principais ações realizadas pela atual Administração? CLIQUE AQUI para acessar a revista eletrônica de 100 dias de Governo.