Desenvolvimento Urbano | 30/08/2023

Prefeitura reforma escola da Estiva e amplia capacidade de 40 para 120 alunos

A EMEF José Pereira Dutra passa por uma completa reformulação física, com construção de novas salas de aula, sanitários e adequações dos espaços existentes; projeto inclui até mesmo mudança na entrada da escola, que passa a ser pela rua Benedito Pereira Dutra

Com fortes investimentos na estrutura física de 11 escolas, que englobam grandes reformas, ampliações e manutenções e pinturas, a Prefeitura de Louveira realiza uma significativa transformação na EMEF José Pereira Dutra, no bairro Estiva. O projeto, elaborado por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, engloba a reconstrução de todo o espaço escolar e amplia a capacidade de atendimento dos atuais 40 alunos matriculados para 120 estudantes.

“Estamos investido para melhorar a estrutura das escolas. São quatro reformas 7 sete escolas beneficiadas com manutenções, que incluem reparos e pintura. Mas das reformas esta da Estiva é a maior, porque o projeto reformulou todo o espaço para ampliar a capacidade e assim poder atender mais crianças. É uma obra importante, que vai proporcionar mais comodidade para os alunos e para toda comunidade escolar do bairro”, disse o Prefeito Estanislau Steck.

A obra começou em fevereiro de 2023 e tem previsão para ser concluída no primeiro semestre de 2024. Neste período, os alunos estão alocados na EMEF José Odair Montelatto, no Santo Antônio. Para a reforma de grande porte, a Prefeitura demoliu grande parte da estrutura da escola, aproveitando apenas algumas paredes das salas de aulas. A obra segue avançada, com a planta baixa já definida.

O projeto prevê a construção de novas salas de aulas e sanitários, reforma de todas as salas de aula existentes, reformulação da estrutura da Secretaria e salas administrativas, refeitório, banheiros e de todo o pátio. Uma das principais mudanças será na entrada dos alunos, que até então era feita pela rua Francisco Pereira Dutra e passa a ser pela rua Benedito Pereira Dutra.

A reforma também engloba revisão e troca do sistema elétrico, inclusive com instalação de luminárias de LED, reforço na estrutura para forro, pontos de água e energia para instalação de climatizadores.  Além da reforma estrutural, as mudanças serão visíveis por meio de um projeto arquitetônico moderno.

O Secretário de Desenvolvimento Urbano, Ricardo Pissulin, explica que para ampliar a capacidade de atendimento da escola, o projeto aproveitou todo o espaço físico do terreno. “A nova estrutura da escola já está definida, com as paredes erguidas e a obra segue. Aproveitamos todo o terreno, porém, mantendo o espaço do pátio para as crianças. Mudamos todo o layout da escola, inclusive com nova entrada dos alunos; a fachada vai ficar bem bonita e moderna”, ressalta o Secretário.