Governo | 19/11/2016

Passarela de pedestre da Rodovia Romildo Prado já pode ser utilizada

passarela

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pelo CorredorDom Pedro de rodovias, liberou na segunda-feira (7) a passarela da rodovia Romildo Prado (SP-063), em Louveira. O dispositivo no km 1+800 é o maior já construído nas cinco rodovias administradas pela Concessionária, com 180 metros de extensão.

A passarela tem mais do que o dobro de extensão da maior travessia existente até então no Corredor Dom Pedro. A estrutura localizada no km 141 da D. Pedro I (SP-065), em Campinas, tem 72 metros de comprimento.

A travessia no Trevo de Louveira tem cinco estruturas metálicas e o içamento foi realizado em dois dias. A extensão tem um motivo: o trecho da rodovia será duplicado e a travessia já está preparada para a mudança na via.

A nova passarela segue todos os padrões de acessibilidade estipulados pela Agência de Transportes de São Paulo (Artesp) e também é iluminada. O investimento da Concessionária na instalação do dispositivo foi de R$ 1,7 milhão.

Desde que iniciou a administração do Corredor Dom Pedro, 15 novas passarelas foram construídas e outras quatro foram demolidas e reconstruídas para atender aos atuais padrões de acessibilidade. Em 2015, o número de mortes por atropelamento nas rodovias administradas pela Rota das Bandeiras teve queda de 62,1% em relação ao ano anterior.