Governo | 07/01/2015

Louveira terá internet sem fio de alta velocidade em três praças públicas neste ano

infovia

O Departamento de Tecnologia da Informação da Prefeitura de Louveira recebeu recentemente integrantes da empresa responsável por executar o projeto do programa Cidades Digitais, do Governo Federal, que prevê modernizar a gestão e o acesso aos serviços públicos via internet nas áreas financeira, educação, saúde e tributação.

Durante a visita, os técnicos averiguaram os locais e fizeram um levantamento das informações necessárias para dar início à execução do projeto, que contempla a interligação de prédios públicos e infraestrutura de internet sem fio (wifi) de alta velocidade em três praças da cidade. São elas a Praça Júlio de Mesquita (da Igreja Matriz de São Sebastião), no Centro; Praça Padre Pedro Sanches, no Bairro Santo Antônio; e a Área de Lazer do Trabalhador.   

De acordo com o diretor de TI da Prefeitura, Marcelo França, o início das instalações está estimado para o primeiro semestre deste ano. “Louveira vai receber 17 mil metros de fibra óptica subterrânea, contemplando 11 prédios públicos que hoje não estão conectados, ou seja, não possuem conexão de alta velocidade”, informa Marcelo, que é também o gestor do projeto na cidade.  

Após a conclusão da estrutura, começa a implantação de aplicativos de e-gov nas áreas financeira, de tributação, educação e saúde, assim como a capacitação dos servidores municipais para o uso e gestão da rede. Em seguida, são ofertados os pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, benefício que a Prefeitura já trabalha para conquistar junto ao Governo Federal.

Escolha de Louveira

Louveira foi uma das 262 cidades escolhidas, entre duas mil, para ser contemplada pela segunda etapa do Programa. O anúncio foi feito em outubro de 2013, porém a assinatura do acordo de cooperação com o Ministério das Comunicações aconteceu somente no mês seguinte, durante evento no Palácio do Planalto, que contou com a presença do prefeito Junior Finamore e autoridades federais e das demais cidades.

Na ocasião, Finamore destacou que o sistema irá eliminar a necessidade do cidadão de se locomover à Prefeitura para poder desfrutar de diversos serviços públicos. “Será um ganho muito grande em gestão pública, porque interliga todos os prédios públicos e facilita a comunicação interna e a montagem da base de dados da Prefeitura”, afirmou o prefeito.

Infovia Municipal

A estrutura oferecida pelo Governo Federal vai complementar o Infovia Municipal, que abrange o sistema de segurança por videomonitoramento, em fase final de implantação. Os dois projetos, tanto o Federal como o Municipal, utilizam de estruturas de fibras óticas como fio condutor das informações que interligam toda a cidade a uma central de monitoramento.