Saúde | 22/11/2022

Louveira estende prazo de agendamento para vacinação contra a Covid-19 para crianças de 6 meses a 2 anos com comorbidades

Pfizer Baby pode ser agendada por telefone direto nas UBSs das 8h às 15h de segunda a sexta-feira

Estão abertas as vagas para agendamento da vacina contra a covid-19 exclusivamente para crianças de 6 meses a 2 anos e 11 meses e 29 dias com comorbidades. O prazo que encerraria na última segunda-feira (21), foi estendido por tempo indeterminado e o agendamento pode ser feito por telefone nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) das 8h às 15h, de segunda a sexta-feira.  

Os pais das crianças da mesma faixa etária sem comorbidades também podem fazer o agendamento para receber doses remanescentes se inscrevendo na lista da “xepa”, ou seja, caso haja doses sobrando no final do dia, elas poderão ser aplicadas nas crianças sem comorbidades uma hora antes do fechamento da sala de vacina, conforme contato feito pela equipe da Saúde. 

 “Reforçamos a importância da vacinação contra a Covid-19, principalmente nas crianças. Além disso, as vacinas para as demais faixas etárias estão disponíveis por livre demanda, sem agendamento, em todas UBSs das 8h às 15h. O objetivo é que todos em Louveira estejam protegidos em acordo com os protocolos da Saúde”, afirmou o prefeito Estanislau Steck. 

A aplicação da vacina, no mesmo local agendado, será a Pfizer Baby, única vacina autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para essa faixa etária. Serão três doses, a segunda deve ser aplicada após 28 dias da primeira e a terceira 56 dias após a segunda dose. 

Na região do Santo Antônio não haverá agendamento no PAS, mas sim nas UBS Vista Alegre e Burck. 

A Prefeitura de Louveira ressalta que recebeu, neste momento, poucas doses para aplicação da Pfizer Baby.

Confira a lista de comorbidades previstas pelo Ministério da Saúde

- Síndrome de Down
- Diabetes mellitus
- Imunocomprometidos (Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças inflamatórias imunomediadas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas.)
- Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica.
- Obesidade mórbida (Índice de massa corpórea IMC ≥ 40)
- Cirrose hepática (Cirrose hepática Child-Pugh A, B ou C)
- Pneumopatias crônicas graves (incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave - uso recorrente de corticóides sistêmicos ou internação prévia por crise asmática ou uso de doses altas de corticóide inalatório e de um segundo medicamento de controle no ano anterior)
- Hipertensão Arterial Resistente (HAR - Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos)
- Hipertensão arterial estágio 3 (PA sistólica ≥180mmHg e/ou diastólica ≥110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo)
- Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo (PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo)
- Insuficiência cardíaca (IC com fração de ejeção reduzida, intermediária ou preservada; em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association)
- Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar (Cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária)
- Cardiopatia hipertensiva (hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo)
- Síndromes coronarianas crônicas (Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós Infarto Agudo do Miocárdio, outras)
- Valvopatias (Lesões valvares com repercussão hemodinâmica ou sintomática ou com comprometimento miocárdico - estenose ou insuficiência aórtica; estenose ou insuficiência mitral; estenose ou insuficiência pulmonar; estenose ou insuficiência tricúspide, e outras)
- Miocardiopatias e Pericardiopatias (Miocardiopatias de quaisquer etiologias ou fenótipos; pericardite crônica; cardiopatia reumática)
- Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas (Aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos)
- Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais; e outras)
- Cardiopatias congênitas com repercussão hemodinâmica, crises hipoxêmicas; insuficiência cardíaca; arritmias; comprometimento miocárdico
- Portadores de próteses valvares biológicas ou mecânicas; e dispositivos cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfibriladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanência)
- Hemoglobinopatias graves (Doença falciforme e talassemia maior)

 Confira os pontos de agendamento e vacinação, abertos das 8h às 15h: 
- UBS DRA. LUCILENE MOSCA MELIN
Rua Frederico Zanella, 375 – Centro
Contato: (19) 3948-5300 / 3948-5318
 
- UBS MIGUEL FRANCISCO MILAN – BURCK
Rua Martinho de Ludres, 700 - Residencial Burck
Contato: (19) 3878-0411
 
- UBS VICE-PREFEITO JOÃO ALCEU DIAS – JD 21 DE MARÇO
Rua Luiz Gonzaga, 375 – Jd. 21 de Março
Contato: (19) 3878-0728
 
- UBS ROSINA STURARO CAVALLI – VISTA ALEGRE
Rua Pedro Bassi, 506 – Vista Alegre
Contato: (19) 3848-4172
 
- UBS GILBERTO AJJAR - MONTERREY
Rua Quiproquó, 55 – Monterrey
Contato: (19) 3878-5236