Serviços Públicos | 29/03/2023

Jd. Belo Horizonte, Estiva e Jd. Lago Azul recebem operação Tapa-buraco

Os reparos foram realizados após serviços de manutenção feitos pela Secretaria de Saúde e Esgoto nas redes de abastecimento e também devido a recalques do asfalto causados pelas chuvas

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, tem realizado neste início de semana a operação Tapa-buraco em diversas vias do Jd. Belo Horizonte, no bairro Estiva e também do Jd. Lago Azul.

“O Tapa-buraco é um serviço extremamente importante para a manutenção das ruas e tem sido realizado rotineiramente em diversos pontos da cidade”, disse o Prefeito Estanislau Steck.

No Jd. Belo Horizonte e Estiva, os reparos foram feitos após serviços de manutenção realizados pela Secretaria de Saúde e Esgoto nas redes de abastecimento. No Jd. Belo Horizonte, o tapa-buraco atendeu as ruas Neusa Oliveira F. dos Santos, Pietro Chicalhone e Pedro Chiqueto, e no Estiva, na Rua Francisco Pereira Dutra.

Já no Jd. Lago Azul, os reparos foram feitos em dois pontos - na Rua Treze de Junho, esquina com a Saul Gemmi, e na Rua das Rosas, esquina com Luiz Martins Cruz; em ambos os locais houve recalque na camada asfáltica, causado pelas chuvas.

A operação Tapa-buraco faz parte do cronograma de trabalhos realizados pela Secretaria de Serviços Públicos e a população pode contribuir, solicitando o serviço via telefone da Secretaria de Serviços Públicos - 3878-9900 - e inclusive também pelo aplicativo do Cartão Cidadão.

Além da operação Tapa-buraco, a Secretaria também é responsável pelos serviços diários de zeladoria, que engloba limpeza das vias, recuperação e pinturas de guias e sarjetas, podas de árvores, trocas de lâmpadas, limpeza de bueiros e pela operação Prefeitura Bairro a Bairro, que une todas estas ações em uma região pré-determinada. O objetivo é manter a cidade sempre limpa e organizada.

Pela operação Prefeitura Bairro a Bairro, a Prefeitura realiza até o final desta semana os serviços no Parque dos Sabiás, Laranjeiras, Vila Realle e Guembê, inclusive com o Cata-treco, com recolhimento de entulhos, móveis velhos e materiais inservíveis, que são descartados na cidade de forma incorreta pela população.