Saúde | 07/11/2023

Índice de Cidades Excelentes aponta Louveira como a 1ª entre as cidades da região de Jundiaí em Saúde e Bem-estar

​Segundo o ranking do Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), Louveira está em 1ª lugar entre as sete cidades da Região Metropolitana de Jundiaí (RMJ) e em 5ª somando os 20 municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC)

Os investimentos que têm sido feitos pela Prefeitura neste ano em ações, programas e projetos, no sentido de aprimorar os serviços e atendimentos à população, resultaram no reconhecimento com altas posições de Louveira no índice de Cidade Excelentes no contexto das 27 cidades que compõem as regiões metropolitana de Campinas (20) e de Jundiaí (7), da qual Louveira faz parte. O IGMA (Índice de Gestão Municipal Aquila) avalia indicadores dos municípios de todo o Brasil, e em Saúde e Bem-estar, Louveira é a melhor entre as sete da RMJ e a 5ª comparada com as 20 cidades da RMC.

 

A categoria engloba serviços que têm apresentado significativo avanço na cidade. Como uma das áreas prioritárias da atual gestão, a Saúde em Louveira recebeu em 2023 investimentos de 30,27% do orçamento municipal. A percentagem é muito maior da exigida pela legislação, que é de 15% do total do orçamento. Os investimentos per capita também são significativos - R$2,2 mil per capita em Saúde neste ano. A primeira posição no IGMA, portanto, deve-se aos investimentos intensos na rede municipal, especialmente quando comparados aos índices de 2022, e que tem resultado na ampliação e otimização dos atendimentos como um todo.

 

Para estabelecer o ranking das cidades em Saúde e Bem-estar, o IGMA avalia como indicadores a Cobertura da Atenção Primária, Expectativa de vida ao nascer, Números de leitos hospitalares (SUS) por mil habitantes, Número de profissionais da saúde (SUS) por mil habitantes, Taxa de mortalidade infantil, Percentual de aplicação Saúde - Mínimo constitucional, Índice Sintético Final Previne Brasil e Cobertura vacinal.

 

Com os investimentos da Prefeitura, a rede municipal de Saúde concretiza neste ano importantes serviços e passa por uma reestruturação do atendimento. A ação mais recente é o início das obras do novo Hospital do Santo Antônio de Louveira, que deve começar ainda em novembro. O hospital foi anunciado em março como parte do Programa Rede Hospitalar Louveira. Trata-se de um hospital municipal que atenderá adultos e crianças nos casos de baixa e média complexidade e que, juntamente com a Santa Casa, integrará o sistema hospitalar com atendimentos pelo SUS.

 

Também como um dos principais serviços novos ofertados pela Prefeitura, a população ganhou neste ano o Centro de Referência do Autismo, que oferece atendimento especializado para diagnóstico e acompanhamento das pessoas com espectro autista. Hoje o Centro atende cerca de 300 pessoas, em sua maioria crianças. Também neste ano a população de Louveira passou a contar na Santa Casa com o sistema de telemedicina nos atendimentos de baixa complexidade de não urgentes, em que os pacientes são atendimentos são atendidos remotamente para análise de exames e prescrição de receitas. Com objetivo de complementar este sistema, a Prefeitura atua também para implantar a telemedicina na Rede de Atendimentos das Unidades Básicas de Saúde.

 

Em se tratando de agilidade no atendimento, outro importante avanço da Saúde é o agendamento de consultas pelo novo aplicativo Relou, implantado recentemente pela Prefeitura. Por meio dele é possível agendar consultas com Clínico Geral, Ginecologia e Pediatria de forma efetiva, já que o app direciona automaticamente a solicitação para a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência do morador, com base em seu endereço cadastrado na base de dados do Cartão Cidadão. O cidadão também pode solicitar medicamentos por meio do Programa Remédio em Casa, bem como denunciar focos de dengue na área da Vigilância em Saúde.

 

Mas os avanços na Saúde são em todas as áreas. A Prefeitura ampliou neste ano para 33 o número de especialidades ofertadas pelo sistema municipal de Saúde. Também foram ampliadas as ofertas de consultas, exames e cirurgias. E como atendimentos que priorizam o bem-estar da população, a Prefeitura inaugurou o Programa Mãe Louveirense, de apoio às gestantes e puérperas que passam por pelo menos sete consultas de pré-natal da rede; o Ambulatório Mamãe Aconchego, de auxílio às mães com dificuldades na amamentação; e o atendimento voltado à reabilitação social para pacientes de saúde mental com a Casa das Oficinas Acalanto.

 

E para otimizar a logística dos medicamentos entre as unidades, a Prefeitura estruturou a Central de Suprimentos da Saúde, que unificou as unidades de armazenamento até então existentes, além da realização das ações rotineiras como campanhas de vacinação e preventivas. São muitos os serviços e atendimentos que compõem um dos investimentos mais completos de Saúde em Louveira.

 

Investimento

O destaque da Saúde no IGMA está alinhado investimentos de R$ 1 bilhão aplicados nos últimos 2 anos e meio pela Prefeitura em obras, programas e ações visando o constante aprimoramento dos serviços e estrutura da cidade. São mais de 190 ações implementadas pela atual administração nos últimos 2 anos e meio, incluindo o término de obras iniciadas antes de 2021. (SAIBA MAIS)