Governo | 07/07/2021

HOMENAGEM - Louveira decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do agricultor e ex-vereador Hilário Bragile

Bandeiras do Paço Municipal permanecerão a meio mastro por 72 horas

A Prefeitura de Louveira decretou luto oficial de três dias a partir desta quarta-feira (7) em decorrência da morte do agricultor e ex-vereador Hilário Bragile, aos 87 anos. Ele enfrentava problemas de saúde há um longo período e faleceu na manhã desta quarta-feira (7).  Hilário era pai da primeira-dama do município, Magali Steck. 

As bandeiras de Louveira, estado de São Paulo, Brasil e Mercosul - localizadas em frente ao Paço Municipal - permanecerão a meio mastro durante 72 horas para prestar homenagem ao ex-vereador pelo trabalho, exemplo e dedicação que tanto contribuíram para o desenvolvimento da cidade de Louveira. 

Hilário Bragile

Um dos principais nomes da agricultura em Louveira, Hilário foi um dos primeiros produtores de uva da cidade. Construiu sua história ao lado da esposa, Thereza Cestarolli Bragile, na região da Abadia e, posteriormente, no bairro Cestarolli, onde a família ainda mantém a produção de uvas.  

Irmão fundador da Santa Casa de Louveira, Hilário foi vereador entre os anos de 1977 e 1982, durante a 4º Legislatura da Câmara Municipal de Louveira. Ele deixa um legado de dedicação e amor por Louveira.  

Além da primeira-dama, Magali, Hilário também deixa a esposa Thereza, as filhas Odete e Odila, e o filho Orivaldo. 

A Prefeitura de Louveira  se solidariza com familiares e amigos neste momento de dor. 

O velório será realizado nesta quinta-feira (8), das 8h às 10h, no Cemitério de Louveira.