Esporte, Lazer e Juventude | 01/07/2022

FUTEBOL - Edina Alves Batista, da Fifa, vai apitar a final do Amador de Louveira entre Super e Vila neste domingo (3)

Acostumada a grandes jogos, árbitra atuou na Copa do Mundo Feminina de 2019, no Mundial de Clubes de 2021 e nas séries A e B do Brasileiro

Edina Alves Batista árbitra final do Amador 2022A árbitra Edina Alves Batista, que faz parte dos quadros da Fifa desde 2016 e atua em partidas do Campeonato Brasileiro das séries A e B, vai apitar a final do 20º Campeonato Louveira de Futebol Amador – Primeira Divisão, marcada para o próximo domingo (3), no Estádio Municipal, entre Super Louveira e Vila Telamar.

Aos 42 anos, Edina é educadora física e também faz parte dos quadros da Federaçao Paulista de Futebol, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF, desde 2007) e da Conmebol (Confederação Sul-americana).

Nascida em Goioerê (Paraná), ela também é a árbitra que mais vezes atuou em jogos do Campeonato Brasileiro e esteve em quatro partidas da Copa do Mundo Feminina, em 2019, incluindo a semifinal entre Ingraterra e Estados Unidos.

Acostumada a quebrar barreiras, a árbitra foi a primeira a atuar em um Mundial de Clubes, em 2021, no jogo entre Al Duhail e Ulsan Hyundai. No mesmo ano, ela apitou dois jogos do futebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio. 

Já em 2022, Edina entrou para a história apitando o confronto entre Defensa y Justicia (Argentina) e Independente Del Valle (Colômbia), que foi o primeiro jogo da Libertadores que teve apenas mulheres na arbitragem.

No último domingo (26), nas semifinais do Amador de Louveira, o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo, que integra os quadros da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e que costuma apitar grandes jogos das séries A e B do Campeonato Brasileiro, além do Paulistão, foi destaque ao comandar os duelos entre Super Louveira e Ferroviário e também Vila Telamar e Piauí FC.

A decisão

A final da Campeonato Amador, que terá transmisão a vivo pelo canal EOL de esportes no YouTube a partir das 9h, coloca frente a frente o melhor ataque contra a defesa menos vazada da competição.

Com a melhor campanha na primeira fase e invicto, o Super Louveira também lidera nas estatísticas de gols. A equipe balançou as redes 29 vezes em 11 jogos (média superior a cinco gols marcados a cada dois jogos), com o destaque para o artilheiro do campeonato, Lagoa, que fez 12 gols.

Do outro lado, o Vila Telamar fez a segunda melhor campanha, com 23 pontos e apenas duas derrotas em 11 jogos. Com o título de melhor defesa, a equipe sofreu apenas nove gols durante todo o torneio. A média é inferior a um gol sofrido por jogo. Em 11 rodadas, a equipe não foi vazada em cinco jogos.

No confronto da primeira fase, as duas equipes empataram em 0 a 0.

O duelo também já decidiu final de campeonato. Em 2016, o Super Louveira superou o Vila Telamar e levou o primeiro troféu de campeão para casa. Naquele ano, o primeiro jogo da decisão terminou em 1 a 1. Na segunda partida, o Super Louveira goleou o Vila por 5 x 1.

Ao todo, o Super Louveira tem três títulos do Amador de Louveira, em 2016, 2017 e 2018. Já o Vila foi campeão em 2003, 2006, 2013 e 2014.