Desenvolvimento Econômico | 04/10/2023

Curso para operadoras de empilhadeira já resulta nas primeiras contratações

Em parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Senai Jundiaí, de 4 turmas, 1 sala do curso foi exclusiva para mulheres e resultou em 2 alunas já contratadas, e que começam nesta quarta (4) no novo emprego; o curso atende à demanda das empresas de Louveira e foi desenvolvido a partir do programa Quebrando Barreiras de valorização profissional feminina

Duas profissionais louveirenses, alunas da turma exclusiva para mulheres do curso de Operação de Empilhadeira, estão começando nesta quarta-feira (4) no novo emprego conquistado a partir desta oportunidade, que é resultado das políticas públicas de desenvolvimento humano e profissional implantadas pela Prefeitura.

O curso foi viabilizado a partir do programa Quebrando Barreiras, uma iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico para valorização profissional feminina, e aconteceu em parceria com o Senai Jundiaí; e, de forma inédita, com destinação de uma das quatro salas exclusivamente voltada para o público feminino. De 4 turmas, duas já concluíram o curso no último mês e outras duas concluem nesta sexta-feira, 6 de outubro. (SAIBA MAIS)

As duas profissionais recém-formadas pelo curso foram contratadas por uma empresa multinacional instalada em Louveira. Uma delas, Alessandra Félix da Silva, vive com os dois filhos no Burck e estava há 4 meses desempregada. Ela conta que que se agarrou na oportunidade do curso, o que abriu as portas do tão sonhado emprego.

“Minha colega me mandou o post da prefeitura sobre o curso e eu corri me inscrever, mas já tinha encerrado as vagas e a atendente do Nucca me colocou na fila de espera. Faltando um dia para iniciar o curso o pessoal do Nucca, avisando que tinha surgido uma vaga; eu corri lá, me inscrevi e já no dia seguinte começaram as aulas. O curso foi maravilhoso, o professor é muito dedicado. Todas nós tínhamos nossas dificuldades, mas ele ensinou cada detalhe e passamos com êxito, tanto na prática quanto na parte teórica”, conta.

Quanto ao novo emprego, ela diz que é a realização de um sonho. “Eu descobri uma nova paixão, que é ser operadora de empilhadeira. Eu quero isso para minha vida e quero seguir com novos cursos para dirigir outros tipos de maquinários. Hoje estamos iniciando na empresa; eles sabem que não temos a prática, mas vão nos dar todo o treinamento; então foi uma experiência maravilhosa”, disse Alessandra.

A segunda contratada é Jaqueline Soares Ferreira também foi uma das alunas que concluíram o curso pela turma exclusiva para mulheres. Antes, ela atuava no setor de produção, mas viu no curso uma oportunidade de aprender as técnicas de uma nova área. “Eu gosto muita da área de logística e tinha muita vontade de fazer este curso. Gostei muito da experiência e a turma é muito boa”. O objetivo do curso é desenvolver nos alunos a capacidade para operar o equipamento, e, principalmente, valorizar as habilidades das mulheres no mercado de trabalho dentro desta área, que era uma demanda apontada pelas próprias empresas de Louveira.