Segurança | 24/04/2014

Câmeras de Segurança chegam a 11 bairros até o final de abril

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Louveira prossegue com a instalação das câmeras de monitoramento, que vão formar um cinturão de segurança em torno de Louveira. Até a tarde desta quarta-feira (23 de abril), sete bairros da cidade já receberam o aparato de videomonitoramento e até o final do mês mais quatro serão cercados por câmeras.

As regiões já contempladas pelo programa Infovia são Capivari, Guembê, Vila Pasti, Sagrado Coração de Jesus, Vila Caldana e Estiva. O sistema foi instalado também em três pontos da Avenida Paulo Prado, principal via de acesso ao bairro Santo Antônio. Já as câmeras da entrada da cidade via Rodovia Louveira-Vinhedo, do trevo de saída do Centro para Jundiaí (na Av. Arthur de Souza  Sigel) e da Estrada do Bugio (Vila Caldana) serão instaladas até a próxima segunda-feira (28 de abril). A estimativa é que até o final de maio o sistema esteja funcionando por completo.

Inicialmente, o projeto será composto por 88 câmeras, sendo 66 do tipo OCRs instaladas em todas as entradas e saídas da Louveira. As restantes são 20 de longo alcance, que serão acopladas em pontos estratégicos com grande circulação de pessoas - como praças, bancos e escolas –, e mais duas fixas.

De acordo com o prefeito Junior Finamore, o videomonitoramento é fundamental para coibir às ações criminosas em toda a região. “Sabemos que os índices de diversos crimes, sobretudo furto de veículos, caíram consideravelmente em cidades que adotara o monitoramento por câmeras. Ou seja, certamente a instalação do sistema esta entre as principais medidas de segurança pública da nossa Administração”, afirmou Finamore. Segundo ele, após a conclusão da instalação das câmeras, o Infovia Municipal irá interagir com os sistemas de outras cidades, “coibindo e prevenindo a ação da criminalidade e facilitando a identificação dos criminosos em toda a região”, concluiu.

Readequação do projeto

Em 2013, o projeto foi readequado para incorporar câmeras do tipo OCRs, apropriadas para efetuar a leitura de placas de veículos.  Além deste modelo, serão instalados outros dois tipos de câmera: a DOME, com giro de 360 graus e alcance do zoom que chega a quilômetros de distância, e a fixa. Todas as câmeras serão de alta resolução em HD, o que facilita a identificação de possíveis veículos roubados, além de indivíduos suspeitos.

Para ‘sair do papel’, foi preciso ainda modificar o sistema de transmissão entre os dois lados da Anhanguera, já que as Concessionárias responsáveis pela administração das rodovias que cortam a cidade não haviam liberado a passagem dos cabos com fibras óticas. Com isso, rádios transmissores foram instalados nas duas margens da Anhanguera para interligar as informações coletadas pelas câmeras do Bairro Santo Antônio e do Centro.

Equipe rigorosamente selecionada

A equipe que irá monitorar as Câmeras foi rigorosamente selecionada e posteriormente pela empresa que implantou o sistema. Ao todo são 14 guardas municipais coordenados por um inspetor, que juntos serão responsáveis pela comunicação de rádio, atendimento e despacho das ocorrências, monitoramento das câmeras e controle de entrada e saída de veículos suspeitos.

Em grandes festas e eventos esportivos, a GM contará com o auxílio de uma Van adaptada como base de videomonitoramento. O veículo será aparelhado com os equipamentos mais modernos em sistema de vigilância, que transmitirão as imagens captadas à Central.