Fumhab - Habitação | 21/12/2023

Com destaque para as obras de 400 apartamentos do Residencial Tabarana, Louveira avança na área habitacional em 2023

Em compromisso em promover moradia digna para Louveira, em 2023 a Prefeitura realizou uma série de avanços em regularização fundiária, bem como segue diariamente progredindo na obra dos 400 apartamentos do Residencial Tabarana. O maior empreendimento de moradia social de Louveira, o Residencial Tabarana já apresenta as primeiras unidades estruturadas internamente, com acabamentos com esquadrias, portas, janelas, grade da sacada, contrapiso, revestimento, e a louça da cozinha, sanitário e área de serviço. São diversas frentes de trabalho. Os acabamentos seguem nos apartamentos da primeira torre, enquanto outra equipe atua na instalação da estrutura metálica para o telhamento e das telhas. Todas as 25 torres já estão erguidas e as obras avançam com os acabamentos nos 400 apartamentos e a estruturação externa das áreas de convivência, começando pelo salão de festas. O Residencial Tabarana vai contar também com quadra poliesportiva, uma quadra de beach tênis, dois playgrounds, quiosques para convivência e portaria.

Em avanços de processos de regularização fundiária, a Prefeitura de Louveira realizou diversas entregas ao longo do ano. Em março, em celebração ao aniversário da cidade, foram realizadas entregas para os núcleos:  Conjunto Habitacional Popular III do bairro Vassoural, Conjunto Habitacional Popular IV do bairro Mirante, Vila Liberdade, Faixa Azul I e Vista Alegre I, totalizando cerca de 300 famílias.

Em setembro, a Prefeitura realizou a entrega de matrículas para os moradores dos núcleos Jardim Vista Alegre III, Faixa Azul I e Conjunto Habitacional Popular IV, do bairro Mirante. Em novembro, foi realizada a entrega de 42 escrituras de imóveis, sendo 26 para moradores do Bosques da Abadia e 16 Conjunto Habitacional Popular III, do bairro Vassoural.

Em andamento, a Prefeitura continua dando andamento para realizar a entrega de 500 processos de regularização fundiária em Louveira. Cerca de 250 unidades também estão em processo por meio do Programa Cidade Legal, que são os bairros Parque dos Sábias, Abadia, Condomínio Damasceno, Monterrey II e Faixa Azul.