Gestão Ambiental | 23/04/2016

Ações de ambientais ajudam na preservação da cidade

gestao

A cidade mesmo crescendo se mantém arborizada. Por meio da Secretaria de Gestão Ambiental, a Prefeitura de Louveira impõe aos novos empreendimentos que causem algum tipo de impacto ambiental, o plantio de mudas de espécies nativas ao redor dos mananciais do município como forma de compensação ou penalidade.
No período de 2013 a 2016 foram firmados aproximadamente 150 Termos de Compromissos Ambientais (TCA) junto à Secretaria de Gestão Ambiental e à Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), que equivale ao plantio de aproximadamente 30 mil árvores em Louveira.
O mesmo acontece quando a fiscalização da secretaria autua infratores ambientais. Desse modo, se uma árvore é derrubada, são plantadas pelo menos cinco para compensar. Esses plantios são determinados em instrumentos jurídicos denominados Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), que são firmados entre a Prefeitura e o infrator.
Assim, desde 2013, mais de 20 mil m² estão em recuperação. Ainda neste ano a Secretaria de Gestão Ambiental estima que fará o plantio de aproximadamente 10 mil mudas.

Arborização urbana

Desde o início do ano de 2015, a Prefeitura de Louveira mantém o Programa de Arborização Urbana no município. Foram adquiridas 700 mudas de árvores nativas de 20 espécies diferentes, entre elas ipê, aroeira e pitangueira.
O intuito da Prefeitura é aumentar a proporção de árvores no perímetro urbano, dos atuais ‘uma árvore a cada 50 metros’ para ‘uma a cada 10 metros’. Já foram plantadas 300 mudas pela estrada de Louveira-Vinhedo, rotatória Lago Azul, Ruas 21 de março, Catharina Calssavara, Rua da caixa d’água e pátio para treino de direção. Todas as mudas contam com protetores.
Para a secretaria de Gestão Ambiental, a arborização urbana está entre as medidas mais importantes para a construção de uma cidade sustentável. O plantio de árvores não apenas embeleza nossas ruas, como também contribui para melhorar o ar que respiramos, amplia o sombreamento, abrigo para aves e, enfim, aumenta a qualidade de vida dos cidadãos.
Todas as mudas escolhidas no programa de arborização urbana são mudas de espécie adequada para plantio em área urbana, evitando transtorno a população e viação aérea.
O cidadão também pode contribuir com o programa indicando locais para o plantio. Para isso, é só entrar em contato com a Secretaria de Gestão Ambiental pelo telefone 3878-9902 e solicitar o plantio em frente a sua residência.

Louveira é referência em coleta seletiva e destinação do lixo

Já é rotina dos moradores da cidade contribuir para a coleta seletiva em Louveira. A Prefeitura distribui, gratuitamente, sacos verdes repletos de materiais nas lixeiras das casas. Nos dias de coleta seletiva, os louveirenses fazem a sua contribuição ao meio ambiente, separando os papéis, plásticos e garrafas pet e embalagens recicláveis em sacos verdes distribuídos gratuitamente.
Nos últimos anos, a cidade se tornou referência neste serviço. Só no ano anterior a Prefeitura retirou das ruas em média 1.135 toneladas mensais de resíduos sólidos das ruas.
Após a coleta, é feita a separação dos resíduos recicláveis por tipos e cores, o que agrega valor na hora da venda. Depois de separado e prensado, todo o material é doado à Clínica Interdisciplinar Educacional de Louveira (Cielo) e à Santa Casa de Louveira, que fica responsável por vendê-lo obrigatoriamente pela oferta mais vantajosa.
Normalmente os fardos de sucata são vendidos a intermediadores (sucateiros) da região, que fazem o encaminhamento às empresas recicladoras. O recurso financeiro obtido com a venda é destinado na proporção de 80% para a Santa Casa e 20% para a Cielo, que cuida dos nossos moradores portadores de necessidades especiais. Assim, além de promover a consciência ambiental entre os munícipes, ajudamos financeiramente as instituições filantrópicas da cidade, esclarece a secretaria de Gestão Ambiental.

Lixo tem lugar certo na cidade

A Prefeitura de Louveira implantou em 2015 e 2016, mais uma etapa do Plano Municipal de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos, instalando 300 lixeiras em toda a cidade. A utilização dessas lixeiras já tem contribuído significativamente para a redução da sujeira na nossa cidade.
Cada lixeira custou aos cofres públicos R$298,70, incluindo a instalação. Além disso, a administração realiza a trituração de podas de árvores e o resultado dessa trituração é fornecido aos agricultores para ser utilizado para forração de suas plantações. O que antes era encaminhado para aterro, hoje tem destino mais adequado, seguindo a Política de Resíduos Sólidos