Segurança | 04/02/2022

ATENÇÃO - Chuvas prosseguem neste final de semana e solo úmido mantém risco elevado para transtornos em Louveira

Em caso de urgência, os moradores podem entrar em contato com a Guarda Municipal pelo 153 ou com a Defesa Civil pelo telefone (19) 3878-1512

As chuvas que castigaram o Estado de São Paulo nos últimos dias devem prosseguir neste final de semana e chegarão com ainda mais intensidade na segunda (7) e terça-feira (8). De acordo com a Defesa Civil de Louveira, são esperados 133mm de acumulado entre essa sexta (4) e terça-feira (8), o que mantém a cidade em Estado de Atenção.

Segundo Boletim Meteorológico emitido pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil na última quinta-feira (3), essas chuvas virão acompanhadas por descargas elétricas e rajadas de vento. Apesar de não haver indicação de acumulados alarmantes, o risco para transtornos permanece elevado devido ao desgaste do solo, que já se encontra extremamente encharcado e úmido.

A recomendação é que os municípios mantenham atenção às áreas mais vulneráveis.

Em caso de urgência, os moradores podem entrar em contato com a Guarda Municipal pelo 153 ou com a Defesa Civil pelo telefone (19) 3878-1512. 

No último final de semana, chuvas que chegaram a 220 milímetros provocaram uma série de estragos em Louveira.
 

Previsão
Pela previsão, neste sábado (5), são grandes as chances de pancadas de chuvas com maior intensidade. No domingo (6), com a chegada de uma frente fria, são esperadas chuvas fortes e generalizadas em todo o Estado, aumentando os riscos de alagamentos, transbordamentos de córregos e rios, enxurradas e deslizamentos de encostas.

Segundo a Defesa Civil, as chuvas ficam mais intensas na segunda (7) e terça-feira (8), com acumulado previsto de 80mm em 24h.

Trabalho 

Desde o último sábado (29), equipes das secretarias de Assistência Social, Serviços Públicos, Segurança e Água e Esgoto, além dos agentes da Guarda Municipal e da Defesa Civil, estão monitorando ininterruptamente as áreas de risco em diversos locais da cidade.

A Defesa Civil e a Secretaria de Serviços Públicos trabalharam durante toda a semana para amenizar os estragos provocados pelas chuvas. Até o momento, 33 árvores foram removidas após queda ou comprometimento que representava risco à população nas regiões do Monterrey, Arataba, Cestaroli, Estrada Cruz Grande, Jardim Niero, Vila Pasti, Jardim Ipiranga, Abadia, Condomínio Villagio Capriccio e Delle Stelle.  

As equipes também realizaram a limpeza e manutenção dos bairros afetados pelas enchentes. 

As equipes de Saúde realizaram a entrega de sacos verdes para a coleta de materiais recicláveis e informativos sobre leptospirose nas áreas atingidas. 

Acolhimento

Durante a última semana, 15 famílias das regiões dos bairros Leitão/Fepasa e Estiva tiveram suas residências interditadas pela Defesa Civil devido a riscos de desabamentos. Elas foram acolhidas pela FumHab e pela Secretaria de Assistência Social e instaladas em abrigos emergenciais provisórios na antiga Estância São Gabriel, no bairro Ponte Preta, e na Pousada Recanto do Sossego, na divisa com Vinhedo. Uma das famílias decidiu permanecer na casa de parentes.

CUIDADOS DURANTE TEMPESTADES E INUNDAÇÕES

A Defesa Civil pede a população, principalmente aos moradores que vivem em áreas de risco para desabamentos, enchentes e enxurradas, que se atentem aos seguintes cuidados:

Deslizamentos 
Se você mora em morro ou encosta, fique atento aos primeiros sinais de perigo:

- Observe no terreno se as árvores ou muros estão com alguma inclinação anormal. 
- Observe rachaduras, trincas ou saliências no chão ou nas paredes. 
- Observe se o local tem água mais barrenta que o normal. Pode ter algum cano com vazamento infiltrando-se pelo terreno. 

O que você deve fazer
- Saia imediatamente do local
- Procure abrigo em lugares sem perigo de deslizamento 
- Informe a Defesa Civil pelo 153 ou (19) 3878-1512. 

Inundações 
Se você mora em áreas de risco para enchentes e inundações, tome os seguintes cuidados:

- Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de inundação
- Coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido
- Feche as portas, janelas e o registro de entrada de água 
- Desconecte os aparelhos elétricos da tomada para evitar curtos-circuitos 
- Retire todo o lixo e leve-o para áreas não sujeitas a inundações 
- Retire os animais de estimação de casa 

Alguns cuidados durante a chuva

- Proteja sua vida, a de seus familiares e amigos. Evite contato com as águas das enchentes, elas são contaminadas e podem provocar doenças; 
- Evite voltar para casa até as águas baixarem e o caminho estar seguro; 
- Só entre na água se for absolutamente necessário, usando botas de borracha. 

Alguns cuidados após a chuva

- Tenha cuidado: veja se sua casa não corre o risco de desabar. Em caso de dúvidas, chame a Defesa Civil; 
- Remova a lama e o lixo do chão, das paredes, dos móveis e utensílios. Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados;
- Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com as águas da enchente; 
- Evite beber água ou comer alimentos que tiveram contato com as águas da inundação, pois eles podem estar contaminados.

Raios

Tome alguns cuidados durante as tempestades: 

Fora de casa

- Abrigue-se em uma casa ou edifício. Caso esteja em um veículo, não saia. Feche os vidros e não encoste nas partes metálicas;
- Evite lugares abertos como estacionamentos, campos de futebol, etc.;
- Se estiver em lago, rio ou piscina, saia imediatamente; 
- Mantenha distância de objetos altos e isolados como árvores, postes, quiosques, caixas d'água, etc.; 
- Afaste-se de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas, cercas de arame, etc.;
- Evite soltar pipas e não carregue objetos como canos e varas de pesca; 
- Evite andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;
- Se não houver nenhum abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos até a tempestade passar. Não deite no chão; 

Cuidados em casa durante a tempestade

- Afaste-se de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como TVs, geladeiras e fogões;
- Evite usar o telefone (a menos que seja sem fio ou celular);
- Afaste-se das janelas, tomadas, torneiras, canos elétricos e evite tomar banho. 

Sobre as tempestades

- As descargas elétricas acontecem na maioria dos temporais; 
- Os raios são mais comuns no verão, mas podem ocorrer no inverno;
- O raio pode cair duas ou mais vezes no mesmo lugar e normalmente atinge o objeto mais alto de um determinado local; 
- Os raios podem matar.