Governo | 25/09/2014

Agentes do Cartão Cidadão visitam mais de 500 residências em menos de 10 dias

cartão_cida

Os agentes cadastradores vinculados ao programa Cartão Cidadão visitaram até a manhã desta quarta-feira (24 de setembro) 565 residências localizadas nos bairros Jardim Lago Azul, Cidade Jardim, Jardim Esmeralda, loteamento Tito Lívio Meirelles, Vila Pasti e Jardim 21 de março. As visitas casa a casa, iniciadas no dia 15 de setembro, são necessárias para recolher os dados necessários das famílias para elaboração do documento, que servirá como um ‘passaporte’ de acesso do munícipe aos serviços públicos.

Até o final da semana, os agentes concluem as visitas no Tito Lívio Meirelles, Jardim Esmeralda e Cidade Jardim e começam o cadastro das famílias do Loteamento Serra Azul. Identificados com a marca do programa, os funcionários da empresa responsável pela implantação do programa na cidade percorrerão até o final do ano todas as residências da cidade, para ingressar os munícipes no programa, previsto para entrar em vigor no início de 2015.

Para se cadastrar, o morador precisa separar alguns documentos, como: RG, CPF, CHN (Carteira de habilitação), Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Declaração de União Estável; e Comprovante de Residência (Carnê de IPTU, Conta de Água ou Energia dos três últimos meses).

Segundo a coordenadora do Cartão Cidadão em Louveira, Valéria Bernini, a quantidade de agentes cadastradores dobrou na última semana, possibilitando uma média de até 200 visitas por dia. Ela explica que os agentes efetuam duas visitas esporádicas para colher informações prévias das famílias e caso o morador estiver ausente nas duas tentativas, funcionários do programa entrarão em contato por telefone para agendar um terceiro encontro.

Após a primeira conversa com os cadastradores, os munícipes serão orientados a comparecer em 15 dias à sede do Cartão Cidadão e fornecer informações complementares, além de cadastrar as digitais.

O cartão é um projeto que busca conhecer com detalhe a população e integrar os serviços por meio de um único documento, gerando uma base de dados importante para implantação de políticas públicas de qualidade em diferentes áreas, como saúde, educação, cultura, esporte, assistência social. 

A partir das informações fornecidas pelo cartão de cada munícipe, a Prefeitura poderá elaborar ações segmentadas e aperfeiçoar serviços com maior precisão. O documento vai possibilitar modernizar e estreitar o relacionamento entre a Prefeitura Municipal e o munícipe, assim como agilizar o atendimento nas áreas de saúde e outros setores.

A Prefeitura estima colocar o cartão em funcionamento a partir do ano que vem, uma vez que sua implantação depende de algumas etapas preliminares, como o cadastramento dos cidadãos, definição dos serviços e capacitação dos servidores públicos.

Mais informações pelos telefones 0800  7722245 (Ouvidoria) ou 3848.1039 (Cartão Cidadão).

Documentos necessários:

RG, CPF, CHN (Carteira de habilitação), Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Declaração de União Estável;

Comprovante de Residência (Carnê de IPTU, Conta de Água ou Energia dos três últimos meses).